segunda-feira, 11 de março de 2013

Há coisas que nunca vou entender...


Há pessoas que continuam a dizer que os desempregados são uns parasitas da sociedade (ainda hoje vi um cartoon num jornal e que está a dar falatório...) porque vivem à custa de quem trabalha...ora bem, eu tenho 38 anos, quase 19 de descontos...infelizmente estou desempregada...recebo subsídio de desemprego...já não basta sentir-me na merd* com receio do futuro (até porque o meu marido também está desempregado, temos 2 filhos e casa pra pagar ao banco), tenho também que me assumir como parasita?

Trabalhei quase 16 anos numa multinacional, que mandou mais de 400 pessoas embora em 2008, o meu vencimento era de 626€ + subs.refeição + diuturnidade. Com direito a 13º e 14º mês, prémios de desempenho, dentista, ginecologista, ortopedista, enfermagem e fisioterapia gratuitos, dentro da própria empresa.

Entre 2009 e 2012 trabalhei numa empresa conceituada aqui na zona, contratos mensais que se foram renovando até ao limite legal, com direito também aos subsídios de férias e de natal e subs. de refeição. Dava para trazer pra casa 550 a 600€.

Agora recebo 419€, não tenho as regalias que tive...assim que fizer 6 meses "cortam" mais 10%, e digo mais porque já desconto os tais 6% para impostos...

Ainda assim há quem ache que esta vida boa é o sonho de qualquer um, desconfio que quem pensa assim nunca esteve deste lado, olha que bom! Quando olho para trás e para estes números só me faz pensar numa coisa...era rica e não sabia...agora multipliquem por 2, ou melhor...subtraiam...é que é sempre a subtrair...

Peço desculpa o post longo (e ainda tinha tanto pra dizer...) e pelo desabafo mas tinha que ser. Hoje estou assim, amanhã logo se vê...

Beijos/ A Mãe


2 comentários:

  1. TAL MÃE,
    estou consigo no seu desabafo...

    ResponderEliminar
  2. Tens toda a razão.
    Sinto-me +/- como tu... Mas eu ainda tenho a "sorte" de não ter casa nem filhos.
    Mas também nem há futuro muito brilhante para estes lados =S

    Beijocas

    ResponderEliminar

No feriado...

...fomos ao parque. Esteve sol e calor e depois do almoço fomos até ao parque. Acabámos por ficar pouco tempo porque levantou-se um v...