sábado, 20 de abril de 2013

Os "Meus" Meninos...


 ...são mais que os pais, como se costuma dizer :)

Pois é, minhas amigas, estou desde 4ª feira a trabalhar como auxiliar num Jardim de Infância/ Pré- Escola. Como não me adaptei (detestei, odiei mesmo...) ao trabalho na Sta Casa da Misericórdia, o Centro de Emprego tratou de me arranjar ocupação.

São 25 crianças com 3, 4 e 5 anos. Apesar de nunca ter trabalhado nesta área, nem ter qualquer tipo de formação, até estou a gostar! Há meiguinhos, pestinhas, endiabrados, obedientes...ou não...enfim, há pra todos os gostos. 

Pensava eu que nos primeiros dias eles iam estar acanhados, por não me conhecerem, e que se iam portar bem...e tal...NADA disso! Como sou nova lá, eles aproveitam-se, experimentam-me...a hora de almoço é terrível! Acreditem! Mas o pior é depois do almoço deles, fico sózinha 1h! No recreio ou na sala, eu...só com 2 olhos...2 braços...sem experiência...eles não ouvem, não obedecem, não temem...não param e não se calam...

Como sabem também sou mãe, e tenho o António com 5 anos, a frequentar uma Pré-Escola como esta, exactamente com 25 crianças...e como mãe fico a pensar a quem o meu filho fica entregue todas as manhãs...também deve haver momentos em que fica apenas uma auxiliar sózinha com eles...e se acontece alguma coisa?...ao meu menino...ou aos "meus" meninos...???Até que ponto se pode responsabilizar alguém? Quem?...

Apesar de continuar desempregada e achar que há muitas coisas que não estão nada bem neste sistema...a verdade é que estou a gostar, dou por mim a toda a hora (em casa) a comentar isto e aquilo, desta ou daquela criança. É claro que preferia estar em casa, a acompanhar mais os meus filhos, os anos vão passando e perdemos tanto do crescimento deles, por isso soube-me muito bem estes meses em que estivemos mais próximos.

E pronto, já se sabe que vou ter pouco tempo para vir aqui ( saio às 18h) mas vou tentar vir todos os dias nem que seja um bocadinho, até porque já tinha saudades :)

Beijos/ A Mãe

3 comentários:

  1. Infelizmente sinto que em Portugal se banaliza muito a educação e por isso mesmo fica uma pessoa sozinha com crianças, que naturalmente se podem aleijar durante as brincadeiras... agora depois de conhecer uma realidade oposta onde uma pessoa sozinha não fica com mais de 3, 4 ou 8 crianças dependendo da idade das mesmas percebo as diferenças de atendimento que lhes podemos dar. Seja como for é um trabalho muito gratificante e por isso desejo-lhe toda a sorte nesta nova etapa.

    ResponderEliminar
  2. Força com isso =)

    Espero que corra tudo bem e que te adaptes rápido =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Vais-te adaptar bem, porque as crianças podem ser traquinas, mas são o que de mais inocente há no mundo. Ainda te vai ajudar mais a lidar com o teu filhote pequenino.
    Fico feliz por ti, espero que gostes e te sintas realizada.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

No feriado...

...fomos ao parque. Esteve sol e calor e depois do almoço fomos até ao parque. Acabámos por ficar pouco tempo porque levantou-se um v...