quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Doce e Amargo

Acordei às seis da manhã com o cheirinho de café acabado de fazer a invadir o quarto...tão bom!
Por momentos o meu cérebro fez-me acreditar que se fosse à cozinha, ia encontrar a minha mãe, de robe, sentada no sofá com uma caneca de café com leite na mão...
Tantas vezes aconteceu. A minha mãe era assim, fazia questão de ser a primeira a levantar-se para garantir que tínhamos café "fresquinho" ao pequeno-almoço :)

Já não dormi mais, fiquei a recordar, a pensar, a imaginar, sei lá...soube-me bem aquele breve momento, pareceu-me real, mas não havia mãe, nem havia café...só recordações e saudades, muitas saudades...




PS- Não sonhei nem alucinei, como já disse uma vez, moro perto da Néstlé e por vezes cheira a café.

Beijos/ A Mãe

2 comentários:

  1. Ohhh... Realmente é como dizes, um doce amargo.
    Mas é uma recordação bonita =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. É verdade, a mãe era assim ..e tantas maravilhosas recordações nos afloram á memória com o xeirinho do café! Tantas saudades. Beijo, Carla

    ResponderEliminar

No feriado...

...fomos ao parque. Esteve sol e calor e depois do almoço fomos até ao parque. Acabámos por ficar pouco tempo porque levantou-se um v...